set 082010
 
Versos de entreter-se

À vida falta uma parte
- seria o lado de fora -
pra que se visse passar
ao mesmo tempo que passa

e no final fosse apenas
um tempo de que se acorda
não um sono sem resposta

À vida falta uma porta.

Ferreira Gullar

Artigos relacionados:

  4 Comentários para “Ferreira Gullar: Versos de entreter-se”

Comentários (4)
  1. Perfeicao e profundidade. Dentro de uma linha mais racional, lembra muito a teoria da incompletude de Godel ou ainda as considerações de Nietzsche e de Heidegger: no limite, o primeiro fundamento não tem fundamento.
    Gullar, que prazer e felicidade te-lo como poeta.

  2. O poema é a porta do poeta. Ganhei o dia.

    • Eu eu ganhei o meu quando vi que um poeta visitou o site e deixou um comentário tão bonito aqui e um poema no comentário sobre Adélia Prado.

  3. Poema muito bem escolhido. Talvez essa porta não faça tanta falta ao poeta, chamado de “bicho de muitas cabeças” depois do seu “Zoologia Bizarra” com recortes e colagens divertidas dando forma a uma infinidade de bichos inventados.

 Escreva um comentário

(requerido)

(requerido)

Você pode usar estas HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>