dez 032010
 
Por José Ferreira *

A música tem a característica de guardar segredos que ao serem descobertos se mostram verdadeiras maravilhas. Um deles é o grupo vocal inglês King’s Singers. Muito famosos na Europa, Estados Unidos e Ásia – são verdadeiros “pop-stars” no Japão. Poucos, no entanto, os conhecem no Brasil.

Trata-se de um grupo vocal masculino, composto por seis vozes: dois contra-tenores, dois barítonos, um tenor e um baixo. Essa formação permite um alcance de quase todo o espectro vocal humano.

A Inglaterra têm uma forte tradição em música coral e foi a partir da sua mais importante escola, o King’s College Cambridge, que o grupo se formou em 1968 dando origem também ao seu nome. Já teve várias formações, renovando-se lentamente, com 20 membros permutados até o momento nos quarenta e dois anos de sua existência.

Os King’s Singers são simplesmente especialistas “em tudo”. A partir de seu concerto de estréia, onde ainda escolares, cantaram desde madrigais renascentistas até musica pop, eles se tornaram um fenômeno.

O que o grupo tem de único, original e característico é o canto a cappella, de uma qualidade técnica e artística inalcançável por outros conjuntos, com uma personalidade própria que os identificam aos primeiros acordes. Os seus contra-tenores, de agudos incríveis, revezam-se com um baixo muito potente, barítonos de dar inveja aos cantores de ópera, ponteados por um tenor de virtudes excepcionais. Pode-se jurar que estão ali presentes os instrumentos musicais, brilhantemente recriados pela voz dos cantores.

Seaside Rendez-vous (Freddie Mercury – Queen)

Il Est Bel Et Bon

Entre seus 42 discos destacam-se os de madrigais renascentistas do século XVI (The Triumphs of Oriana), com delicadas canções antigas. Christmas, seu CD de músicas tradicionais natalinas, nos mostra um novo olhar que revela todas as nuances frequentemente despercebidas nessas músicas.

Angels From The Realms of Glory – King’s Singers – Mormon Tabernacle Choir

Oh Holy Night

A jóia da coroa é o CD “The Beatles Connection”. Dezenove canções cantadas a cappella que parecem estar sendo ouvidas pela primeira vez. Não é simplesmente mais uma releitura das músicas de Lenon e McCartney, é um mergulho num universo complexo, simples e arrepiante, surpreendentemente novo. And I Love Her, Blackbird, Michelle, Girl são elevadas a obras primas ainda maiores que o original (me perdoem os aficionados).

Blackbird

Girl

Um de seus concertos, gravado em DVD, “From Byrd to the Beatles”, mostra um início formal com madrigais renascentistas, seguidos de spirituals, canções de Fred Mercury, Beatles, Duke Ellington, Billy Joel e termina com a linda e bem humorada abertura da ópera Barbeiro de Sevilha, de Rossini. A platéia vai ao delírio:

Abertura do Barbeiro de Sevilha

Ecletismo, bom gosto, perfeição técnica e personalidade: é preciso mais?

*José Ferreira é médico, mestre em cardiologia e audiófilo.

Artigos relacionados:

  • Nenhum artigo relacionado

  3 Comentários para “King’s Singers, uma jóia pouco conhecida”

Comentários (3)
  1. PARA TER A EXATA DIMENSÃO DA QUALIDADE DOS SINGERS, TODOS DEVERÃO RECORRER A SUAS GRAVAÇÕES (AUDIOVISUAIS, DE PREFERÊNCIA). SUA ARTE, COMO DIZ O BELO TEXTO, É EXCEPCIONAL, PUNGENTE, DIVINA… UMA DAS MAIS BELAS E EMOCIONANTES COISAS QUE JÁ VI NOS MEUS CINQUENTA ANOS DE VIDA (A EMOÇÃO QUE ELES ME DESPETARAM JUNTA-SE À VISÃO DE PARIS E A DA GUANABARA, VISTA DO CRISTO) .

  2. Lucas, a releitura do grupo é ótima e da maior coragem. Esse articulista está se revelando um descobridor de grandes vozes, comentários excelentes! A propósito, aqui no Rio fechou hoje a loja Modern Sound. Quando li que o Ministério da Cultura da Suécia trocou de nome para Ministério do Entretenimento me assusto. Se o articulista ou leitor se interessar em http://www.youtube.com/jocydeoliveira se ouve Revisitando Stravinsky

  3. Me perdoe o articulista:
    O grupo e muito bom, mas ninguém supera os beatles cantando beatles!
    Todos os que os interpretam, em qualquer versão, podem fazer releituras interessantes, porém os próprios são sempre inigualáveis.

 Escreva um comentário

(requerido)

(requerido)

Você pode usar estas HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>