fev 152011
 
Cessa o teu canto!

Cessa o teu canto!
Cessa, que, enquanto
O ouvi, ouvia
Uma outra voz
Como que vindo
Nos interstícios
Do brando encanto
Com que o teu canto
Vinha até nós.

Ouvi-te e ouvi-a
No mesmo tempo
E diferentes
Juntas cantar.
E a melodia
Que não havia,
Se agora a lembro,
Faz-me chorar.

em ‘Cancioneiro’

Artigos relacionados:

  3 Comentários para “Fernando Pessoa – Cessa o Teu Canto!”

Comentários (2) Pingbacks (1)
  1. Não é possível cessar certos cantos: quanto mais se deseja eliminá-los, mais cantos se reacendem dentro de nós. Obrigado pela oportunidade do reencontro com este poema.

 Escreva um comentário

(requerido)

(requerido)

Você pode usar estas HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>