mai 162011
 
Por Luigi Rotelli

Eu já havia falado aqui de um impressionante pianista de jazz cubano, Chucho Valdés e de seu pai, Bebo Valdés. Hora de outro passeio musical à Cuba, desta vez na composição poética e na poderosa voz de Pablo Milanés.

Pablo Milanés nasceu em Cuba em 1943. É o mais importante cantor e compositor cubano. Ele e Chucho beberam da mesma água, da efervescência musical, da profusão de ritmos e danças nas ruas, bares e cabarés de Havana do início da década de 50. Cresceram na diversidade da música cubana e seguiram caminhos muito diferentes, Chucho no jazz afrocubano, Pablo nas canções políticas e na balada romântica.

Embora amigos de longa data, nunca haviam gravado juntos, até 2007. O que acontece quando se juntam um pianista genial e um grande cantor e poeta em uma idade em que já se depuraram de todos os excessos é o que você vai ver agora. O resultado é “Más Allá de Todo”, está além de tudo que conhecemos, uma obra intimista e intensa, uma criação que funde música à poesia, dois virtuosos usando seus respectivos instrumentos no limite, o piano e a voz. Eles optaram por criar todas as músicas para esse álbum e o resultado é diferente de tudo o que ambos haviam feito. Quem está acostumado com o ímpeto dos improvisos solos de Chucho Valdés, aqui ele mostra uma habilidade diferente, como um acompanhante sensível e versátil, que inicia com leveza no piano, deixando o destaque para a voz arrebatadora de Pablo Milanés.

Algumas músicas alternam momentos de sobriedade a crescendos de intensa emoção o que, de alguma forma, nos deixa uma longa e indelével impressão. Ouça a primeira faixa do CD. Coloquei a letra junto. É pura poesia:

Distancias

(Pablo Milanés – Chucho Valdés)

Cuando te vas

Todo se queda intacto aquí

Ni aquel olor se desvanece

Cuando faltas tú

Y tus palabras flotan en el aire

Con el movimiento de tu cuerpo ardiente

Y tu piel se siente

Como ángel ausente

Como una promesa que nunca culmina

Y las distancias crecen y se ensanchan

Igual que las penas

Que fácil nos llegan

Sembrando una duda

Hija de la culpa

De mi corazón

Yo, yo necesito creer de nuevo

Tú necesitas vivir lo nuevo

Ya nada puedo pedir

Yo ya no puedo acortar distancias

Vivo solo con la fragancia

Que dejaste al partir”

O CD inteiro é de um bom gosto fora do comum. Em algumas músicas, como em “Días de Otoño”, aqui e ali o piano de Chucho Valdés transborda de maneira incontida durante breves momentos, algumas rajadas de improvisos, lampejos de sua genialidade. E, novamente, o poema de Pablo é um primor e fica ainda mais bonito com sua interpretação extraordinária.

Días de otoño

(Pablo Milanés – Chucho Valdés)

Como caen las hojas

La lluvia va llegando

Nubes que parecen cosas

Ya se van posando

Se va generando en mi corazón

Un ambiente dulce de tristeza y dolor

Va cantando el viento

Que un amor te abandonó

Si las penas van llegando

Bienvenidas sean

El agente se debate entre la risa y el dolor

Y de amor nadie se va a morir

Vuelan penas que se llevan

La nostalgia del ayer

Si se siente cada entrega

Vas a renacer

 

Como caen las hojas

La lluvia va llegando

Nubes que parecen cosas

Ya se van posando

Se va generando en mi corazón

Un ambiente dulce de dicha y amor

Va cantando el viento

Que el dolor ya murió”

Essas fotos acima são de alguns anos atrás. Pablo, agora com 68 anos, está com uma doença degenerativa nos quadris que o dificulta andar, mas não o impede de seguir cantando. Aqui uma oportunidade única de ver esses dois grandes músicos cubanos cantando juntos, gravado em um show na Espanha. A qualidade do vídeo não está muito boa, mas vale a pena assim mesmo:

Chucho Valdés e Pablo Milanés

“Recuento”  e  “De que callada manera”

Pablo Milanés já esteve no Brasil várias vezes, inclusive no ano passado. Já cantou com Chico Buarque, Caetano Veloso, Djavan, Gal, gravou um DVD recentemente com Milton Nascimento, fez duo com Maria Rita. Tudo isso é muito conhecido do público brasileiro. Mas nada ultrapassa a performance e o refinamento desse CD de 2007, que é,  realmente, “Más Allá de Todo”.

Artigos relacionados:

  3 Comentários para “Pablo Milanés – Más Allá de Todo”

Comentários (3)
  1. Simplesmente divino. Dois artistas com A maiúsculo !

  2. Pablo, grande Pablo!

  3. Parabéns pelo site!
    Adorei ..

 Escreva um comentário

(requerido)

(requerido)

Você pode usar estas HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>