jun 182011
 

 

 

 

PEDRA POMES III

De que arroto ou de que vômito
De que entranha,
De que ânus de Vulcano,
De qual rito epiléptico,
Horrível parto de montanha
Afloraste
E suspiro,
Flor de espuma,
Alma de renda
Te empedraste?
Fosse possível a todo ódio,
À inveja e ao instinto em explosão
Arrefecer em ser assim,
Humilde e leve em nossa mão.

Ana Elisa Mercadante

Ana Elisa Viana Mercadante nasceu em São Luis do Maranhão em 1926. Poeta, diplomada em Letras (1945), diplomada em medicina (1953), médica psicanalista. Autora de “Os ritos da noite”.

Artigos relacionados:

 Escreva um comentário

(requerido)

(requerido)

Você pode usar estas HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>